Veja qual empréstimo é mais favorável para o seu bolso

 

Empréstimo pessoal

É preciso definir o valor do empréstimo e o solicitante terá de passar por uma avaliação completa para que o empréstimo seja aprovado. A vantagem de um empréstimo pessoal é a facilidade, pois é disponível para qualquer pessoa e geralmente fornecido rapidamente. No entanto, deve-se tomar cuidado com os prazos para pagamento e os juros cobrados.

 

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado é uma forma de empréstimo no qual o desconto da prestação é feito diretamente da folha de pagamento ou de benefícios previdenciários do contratante. Um dos benefícios encontrados no empréstimo consignado é o seu custo. Além de limitar o valor do pagamento mensal em, no máximo, 30% dos rendimentos, as taxas de juros costumam ser menores. 

A instituição financeira precisa da autorização do cliente por escrito. O único veto nesse tipo de empréstimo, imposto pelo Banco Central, é o impedimento das instituições financeiras impossibilitaram que o seu cliente realize uma nova operação de crédito com outras instituições financeiras. Aposentados ou pensionista pelo INSS podem tirar dúvidas em relação a este tipo de empréstimo no próprio site do Instituto Nacional do Seguro Social ou da Previdência Social.

 

Empréstimo em cheque especial

É o tipo de empréstimo no qual já existe um crédito pré-aprovado pelo banco. Caso o cliente ultrapasse o limite em dinheiro que existe em sua conta, ele poderá utilizar este crédito pré-aprovado como um empréstimo em cheque especial.

Os recursos para uso são disponibilizados automaticamente, conforme os limites de sua conta forem ultrapassados. O valor da linha de crédito dependerá das negociações entre o banco e o cliente, sempre levando em consideração a renda. A vantagem é ter dinheiro rápido para cobrir os débitos.

 

Empréstimo rotativo

Empréstimo rotativo é utilizado quando não é possível pagar a fatura do cartão de crédito em sua data de vencimento. A instituição financeira oferece ao cliente a opção de pagar o valor mínimo da fatura e, com isso, parcelar o que não foi pago. A vantagem é postergar o valor completo da fatura para outra data futura.

 

Empréstimo direto ao consumidor

São empréstimos fornecidos na hora da compra do produto ou serviço, para pessoas físicas ou jurídicas. Esta modalidade de empréstimo pode ser realizada junto a bancos, outras instituições financeiras ou lojas de departamento, com diversos instrumentos financeiros para o seu acesso, como cartões de crédito, formas de pagamento diferenciado, empréstimos pessoais, pagamento em prestações e outros. Este empréstimo está relacionado ao uso do cartão de crédito. Se você gasta um valor alto no cartão, mas só consegue pagar o mínimo, a instituição financeira paga o restante. É como se você estivesse pegando esse dinheiro emprestado, pois o banco continuará cobrando o valor nas próximas faturas com juros muito altos.

 

Empréstimo on-line

O empréstimo on-line tem todas as suas fases de negociação através da internet, desde o pedido inicial do empréstimo, até o ato final de disponibilização do dinheiro. O pedido pode ser feito diretamente de casa e há a possibilidade de simular o empréstimo e seus custos futuros nas instituições financeiras. Também tem como simular um empréstimo em plataformas que agregam toda a oferta bancária, disponibilizando informações de comparação entre os produtos.

 

Empréstimo com penhor

Este tipo de empréstimo possibilita o acesso a crédito rápido, normalmente sem a análise de cadastro de crédito e outros tipos de burocracia. Só se faz necessário apresentar documentos pessoais e comprovante de residência. Para isso, é necessário dar como garantia joias, utensílios, metais nobres ou outros objetos de valor.

Para a negociação são exigidos os juros pré-fixados, a Tarifa de Avaliação e Renovação (TAR) e o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).